TERAPEUTAS
André Gandur
Marilene Coelho

 
 

 

Chá de Canela: Como fazer e Benefícios

 
 

O chá de canela é feito a partir da casca interna da árvore da espécie Cinnamomum. A canela tem sido usada como ingrediente ao longo da história, remontando ao antigo Egito, quando costumava ser rara e valiosa, e era considerada um presente digno para reis. Hoje em dia, ela é mais acessível, está disponível em grande parte dos supermercados e é encontrada em várias receitas.
Existem dois tipos de canela. Um deles é a canela-do-ceilão, também conhecida como canela “verdadeira”. O outro tipo de canela é a canela-cássia, a variedade mais comumente encontrada, a que as pessoas geralmente chamam de “canela“.
A canela é extraída de lascas que secam e formam tiras que se enrolam, mais conhecidas como “canela em pau” ou “pau de canela”. Mas as lascas também podem ser moídas para formar canela em pó.
Benefícios da canela

  • Acelera o metabolismo
  • Possui antioxidantes
  • Tem agentes anti-inflamatórios
  • Reduz o risco de doença cardíaca
  • Melhora a sensibilidade à insulina
  • Diminui o açúcar no sangue
  • Previne doenças neurodegenerativas
  • Previne câncer
  • Combate fungos e bactérias
  • Alivia desconfortos menstruais

Nem toda canela é cultivada igual. A variedade cássia (a mais comum nos mercados) contém quantidades significativas de um composto chamado cumarina, que acredita ser prejudicial em grandes doses.
Entretanto, toda canela possui benefícios para a saúde, mas a cássia pode causar problemas em grandes doses devido ao conteúdo de cumarina.
A canela verdadeira (a canela-de-ceilão) é muito melhor nesse aspecto, uma vez que, de acordo com estudos, ela possui menos cumarina do que a canela-cássia.
Como fazer chá de canela
Para consumir canela, não precisa ser apenas na forma de chá. Você pode acrescentar canela em pó em chás de outros sabores, sobremesas e até em receitas salgadas.

Mas se quiser fazer o chá de canela para obter seus benefícios, dê preferência à canela verdadeira, também conhecida como canela-de-ceilão.
Ingredientes

  • Duas unidades de canela em pau
  • Duas xícaras de água

Modo de preparo
Coloque duas xícaras de água e a canela em pau para ferver durante cinco minutos. Deixe amornar, retire a canela em pau e beba.
Atenção
O chá de canela é abortivo, pois estimula as contrações uterinas, facilitando inclusive a menstruação (no caso de quem não está grávida). Por isso, para não interromper uma eventual gravidez, evite o consumo do chá de canela.
Sintomas adversos do chá de canela
Em excesso, a canela pode apresentar alguns efeitos adversos que vão além da alergia. A canela cássia, por exemplo, pode ser tóxica para pessoas com problemas no fígado. Como ela também afeta os níveis de açúcar no sangue, diabéticos devem consultar um médico antes de consumir muita canela, já que o alimento pode influenciar o tratamento da doença.

Fonte:https://www.ecycle.com.br/cha-de-canela/

 

 

Coleta e Preparação de Plantas Medicinais

 
 
Identificação
  • Identificar a planta certa e as partes a serem utilizadas.
  • Preservar a vida da planta;
  • Colher casca dos galhos;
  • Evitar colher raiz e casca do tronco em excesso.


Nota: utilizar somente plantas bem desenvolvidas e com aspecto sadio.

Horário de coleta

  • período da manhã e em dias secos.

Época de coleta

  • Talos e folhas: antes da planta florescer;
  • Flores: no início da florada;
  • Frutos e semente: quando maduros;
  • Raiz: quando a planta estiver adulta;
  •  

Recomendações para a coleta das plantas medicinais

  • Cada vegetal ou parte do vegetal possui um método adequado de colheita. Deve-seevitar compressões violentas e lesões profundas dos órgãoscoletados.Via de regra os métodos empregados dependem do tipo de órgão. Flores, inflorescências e ramos floridos podem ser coletados mecanicamente. No caso das folhas, normalmente não funciona.
  • Não se deve colher plantas próximas das estradas, pois estão danificadas pelosgases dos tubos de escapamento de automóveis, nem as que crescem a beira doscampos cultivados, pois recebem produtos químicos como adubos ou inseticidas.
  • Fazer desde o momento da coleta, a triagem dos fragmentos que possam procederde outras plantas
  • .Não coletar plantas ou partes que não estejam rigorosamente limpas.
  • Observar particularmente as deposições de animais.
  • Evitar locais próximos de fossas, locais próximos a depósitos de lixo, próximos acemitérios.
  • Observar as condições de conservação e limpeza das ferramentas, utensílios eembalagens utilizadas na colheita e transporte, pois ferramentas sujas e enferrujadas podem contaminar o material colhido
  • Observar as condições sanitárias das plantas.
  • Não colher plantas atacadas por pragas e doenças, pois há alteração na qualidade eteor dos componentes químicos da planta.
  • Selecionar somente plantas sãs, sem mancha e não atacadas por insetos.
  • Dentro do possível, não colher mais de uma variedade de planta, caso contráriocolocar cada uma em um cesto diferente

 

Fonte:http://www.sgc.goias.gov.br/upload/links/arq_803_arquivo25.pdf
Farm. Mara Rúbia F. de Freitas

 

 

Dosagem dos Chás

 
 
O medicamento fitoterápico pode ser utilizado na forma de chá, decocção, suco
fresco, xarope ou pó.A utilização do pó seria o ideal por adequar-se a doses em gramas, de acordo com opeso, faixa etária e gravidade da patologia do paciente e a potência da planta.

 Dessa forma, não se incorre em superdosagens que poderiam ser tóxicas, nem emsubdosagens ineficazes.

As doses preconizadas destinam-se a adultos com peso médio em torno de 60 kg.Para crianças e pacientes com idade superior a 70 anos ou paciente debilitado,faz-se umaredução de cerca de 50% na dose utilizada para o adulto.

O veículo para ingestão do pó é estabelecido principalmente de acordo como tipofísico do paciente e a patologia a ser tratada. Como exemplo, pode-se citar omel, veículoideal para plantas indicadas no tratamento de bronquites e resfriados.

Caso haja contraindicação para o uso do mel, usam-se chás de espécies medicinaisbenéficas ao tratamento em questão, como a hortelã, indicada para estadosgripais ou parareduzir o colesterol.

DOSAGENS
 A tabela a seguir apresenta uma relação de medidas comparativas aproximadas. Ébom salientar que essas dosagens podem variar um pouco, dependendo daplanta ou daspartes utilizadas.

Medidas
Uma colher rasa, das de café .................0,5 g .....................2 ml
Uma colher rasa, das de chá ..................1,0 g..................... 5 ml
Uma colher rasa, das de sobremesa ......3,0 g ...................10 ml
Uma colher rasa, das de sopa................ 5,0 g ....................15 ml
Um copo pequeno ............................................................ 150 ml
Uma xícara das de café .......................................................50 ml
Uma xícara das de chá ............................................100 a 120 ml

 

EXEMPLOS DE FÓRMULAS FITOTERÁPICAS

  • Formula Antigripal:Açafrão 10g

Alfavaca 10g
Gengibre 10g
Jurubeba 10g
Pimenta do reino 3g
Posologia
Adulto- 1g, 3 vezes ao dia, com água morna ou mel
Criança- 0,5g, 3 vezes ao dia, com água morna ou mel

  • Fórmula digestiva:

Gengibre 5g
Quebra pedra 10g
Cravo da índia 5g
Coentro 10g
Erva doce 10g
Posologia
Em média, tomar 1 g 3x ao dia, com água morna

Fonte:http://www.sgc.goias.gov.br/upload/links/arq_803_arquivo25.pdf

 


UTILIZE NOSSOS CANAIS DIGITAIS
Tel: (21) 97445-8205